Dicas de viagem: Machu Picchu – Peru

Você certamente já deve ter ouvido falar em Machu Picchu. Ou já viu alguma foto. Ou pelo menos tem um amigo que já foi até as suas ruínas ou sonha em visitá-las algum dia.

Machu Picchu localiza-se no Peru, no topo de uma montanha da Cordilheira dos Andes no Peru a 2.400 metros de altitude. Foi construída no século XV durante o Império Inca e, por este motivo, é conhecida como “a cidade perdida dos Incas”. Também foi nomeada uma das novas sete maravilhas do mundo e um patrimônio mundial da humanidade.

Hoje em dia, é o destino mais visitado do Peru e um dos principais pontos turísticos da América do Sul. Está situada a 112 km da cidade de Cusco, que investe bastante em infraestrutura para viajantes independentes. Além disso, há outra cidade vizinha: Machu Picchu Pueblo, também chamada de Aguas Calientes, que fica às margens do Rio Urubamba.

A chegada dos turistas a Machu Picchu é feita em Cusco. Depois, é feita uma viagem de trem de aproximadamente quatro horas até chegar ao povoado de Águas Calientes. Para chegar até as ruínas, o trajeto pode ser feito de duas formas: de ônibus até a sua entrada ou em percurso a pé de cerca de 50 quilômetros, fazendo uma trilha montanha acima. No entanto, essa trilha nem sempre é recomendada devido a sua extensão e às fortes chuvas.

Esse é um ponto bastante importante: é necessário prestar atenção no clima e na melhor época para visitar Machu Picchu. Como as ruínas ficam no meio da serra peruana, as chuvas são muito comuns e intensas, principalmente no final de outubro até o mês de maio.

Justamente por isso, a alta temporada fica nos meses de maio a outubro, onde as chuvas diminuem consideravelmente e a vegetação natural começa a crescer – embora as temperaturas possam ser um pouco baixas.

Vale lembrar que Machu Picchu possui muitas construções e talvez em um único dia de visita não seja possível conhecer todas as paisagens e templos. A vantagem é que no povoado de Aguas Calientes é possível se hospedar em um hotel, caso você deseje passar mais um dia lá sem precisar fazer o trajeto de volta para Cusco.

Na alta temporada, tudo deve ser comprado com antecedência. Além disso, há limites de visitantes: somente 2.500 pessoas por dia.

Outras informações:

- Não é necessário ter visto para a entrada no Peru

- A moeda local é o Nuevo Sol

- O idioma é o espanhol

Veja a seguir algumas imagens (retiradas do Pinterest):

Gostou? Compartilhe:

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

* Copy this password:

* Type or paste password here:

6,892 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>