Dicas para viagem à Montevidéu – Uruguai

Paisagens urbanas, arquitetura europeia, atrações para todos os gostos, agitação “na medida”: essa é Montevidéu que, apesar de ser uma cidade relativamente pequena, é a capital e também a maior cidade do Uruguai.

Agitação na medida, pois a capital não oferece tantas opções de entretenimento quanto as outras cidades sul-americanas, tendo um típico clima calmo do interior em suas ruas, praças, parques e casarões. Mas talvez seja justamente esse o motivo que atrai tantos turistas para lá.

Segundo dados da International Mercer of Human Resources, Montevidéu é a cidade latino-americana com a maior qualidade de vida e também uma das mais seguras do mundo. O trânsito nas ruas é bem tranquilo, o transporte público circula até a meia-noite e as tarifas pagas para viagens de táxi geralmente são baratas, fazendo com que os táxis sejam ótimas opções para se locomover à noite.

O clima na cidade é bem ameno, com temperatura média de 16ºC. Os ventos são quase que característicos do clima de Montevidéu, tanto no inverno quanto no verão – estando presente quase todos os dias. No inverno, o ambiente fica úmido, nublado e, muitas vezes, com rajadas de ventos gelados. Portanto, ao viajar para lá nessa época do ano, não deixe de levar bastante agasalho nas malas. No verão, o calor pode ser mais intenso, mas o clima permanece úmido e com ventos moderados.

Para ajudar nas atrações nos meses de inverno (onde os passeios a pé não são vantajosos), a cidade abrange diversas opções culturais como teatros, museus, apresentações de dança e shows de música – a maioria com entrada gratuita. Mas, com as temperaturas amenas, a melhor opção é sair a pé para conhecer cada ponto da cidade.

A Peatonal Sarandí e a Puerta de la Ciudadela são ótimos lugares escolhidos pelos turistas para começar um passeio. Lá se encontram diversas atrações para todos os gostos: lojas de roupas e de artesanato, galerias de artes, livrarias, restaurantes com mesas ao ar livre, além das construções antigas.

Peatonal Sarandí (Foto de montevideu.org)

Mais à frente, está o Museo y Archivo Histórico Municipal Cabildo com exposições que retratam períodos históricos da região.

Pertinho de lá fica o “cartão-postal de Montevidéu”: o Palácio Salvo – inaugurado em 1928 e localizado na esquina da Avenida 18 de Julio com a Plaza Independencia. Tem 95 metros e 27 pisos.

Outro ponto bastante visitado por turistas é a Catedral Metropolitana, aberta em horários especiais: de segunda a sexta-feira das 15h00 às 18h00. Aos sábados e domingos a Catedral celebra missas: sábados às 17h00 e domingos às 11h00 e às 17h00.

Para os amantes de espetáculos de teatro, música e dança, existe o Teatro Solís; para os fãs de artes, a dica é o museu Torres García e para os apaixonados por futebol, o roteiro em Montevidéu tem a obrigação de incluir o Estádio Centenário, local onde geralmente ocorre os jogos da Seleção Uruguaia de Futebol.

Demais informações

Idioma: Espanhol.

Moeda: Peso Uruguaio.

Precisa de visto? Não.

Hospedagem: Possui grande concentração de hotéis em três áreas da capital uruguaia: O centro da cidade (com hospedagem mais barata, próximas ao comércio e aos pontos turísticos), os bairros Punta Carreta e Pocitos (área residencial com bons restaurantes e barzinhos) e na região do bairro Carrasco (bairro nobre, próximo ao aeroporto da cidade).

Gostou? Compartilhe:

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

* Copy this password:

* Type or paste password here:

6,892 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>